As tendências como o ''click&collect'', e as compras online ou pagamentos via MBway marcaram os hábitos de consumo do futuro

Haverá um antes e um depois do coronavírus. Nada será como antes. Nem mesmo os nossos hábitos de consumo. A crise de saúde acabará com muitos, mas também consolidará alguns, como as compras online, e acelerará outras que não esperávamos ver por muitos anos. Tudo isso formará as lojas de amanhã. Mas o que exatamente veremos?

A chave, é claro, será a tecnologia. Em mais de seis meses, as compras online já terão se consolidado durante o isolamento e ganharão peso em 2021, segundo projeções da consultoria Deloitte. Isso, por sua vez, já vem dando lugar a um papel cada vez maior para o telemóvel no ato de comprar, tornando-se o meio pelo qual você faz os pagamentos até no supermercado.

 

Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos